sábado, 19 de setembro de 2015

Rir - O Anti-Depressivo Natural - Uma História de Vida

Uma História de vida ou Como a Terapia do Riso o pode ajudar?

Quando procuramos uma terapia, seja a mesma convencional ou alternativa, provavelmente é porque procuramos de novo restabelecer o nosso equilíbrio.
O riso, depois do amor, é a emoção positiva por excelência. O mesmo nos traz relaxamento, libertação e alegria de viver.
Poderia passar horas a falar sobre os benefícios da prática diária de riso só que chegou a altura na minha vida de partilhar como encontrei o Yoga do Riso ou melhor ainda, como ele me encontrou a mim.
Aos 30 anos de idade, após o falecimento da minha mãe, com a qual tinha muitas coisas por resolver e que nunca resolvi, tive um esgotamento nervoso acompanhado de depressão, ansiedade e medos infundados, ou seja, um quadro clínico complexo que também se devia a uma acumulação de estilo de vida menos saudável ( dormir pouco e mal, alimentação descuidada, excesso de trabalho, excesso de preocupações, insatisfação na vida profissional e pessoal, etc…)
Basicamente fui parar a cama e não conseguia fazer nada. E quando digo nada digo mesmo nada.
Acreditem que passei mal, mesmo tendo a ajuda e o apoio de todo o meu círculo de amigos e familiares. Eles foram todos incansáveis e sempre serei grata por isso.
Chegou o momento então de procurar ajuda profissional e comecei a frequentar um bom psicólogo que ajudou imenso a dar inicio ao processo terapêutico e pouco a pouco comecei a melhorar.
Nessa altura mudei e muito a minha forma de ver e de estar na vida e passado um ano estava bastante melhor.
Foi nessa altura que decidi mudar de trabalho e passei a trabalhar na área de desenvolvimento pessoal. Quando a Gloria ouviu a minha gargalhada disse-me; Sabrina, tens de tirar o curso de líder de Yoga do Riso pois com essa gargalhada és a pessoa ideal para divulgar o método e ajudar muitas pessoas.
E assim fiz. Tirei a formação e a partir desse momento a minha vida deu uma volta de 180º
Ampliei enormemente o meu círculo de contactos e de amigos, aumentei a minha capacidade de trabalho e a minha criatividade, melhorei a minha auto-estima, a minha capacidade de liderar e de comunicar assim como a minha assertividade, entre outras muitas coisas.
Comecei a ser muito mediatizada, o método tornou-se cada vez mais popular e a minha vida deixou de ser “vazia” e “assombrada” e passou a ser o que hoje em dia é. A minha vida, a vida que eu quero.
No entretanto tive um acidente caseiro que me obrigou a parar durante um ano e nesse ano de paragem obrigatória aproveitei para assimilar tudo o que me tinha acontecido de bom e de menos bom e escrevi um livro que a partida será publicado em 2016 chamado “Acordar a Rir”.
Desde esse momento nunca mais tive sintomas negativos a nível psicológico e tenho uma vida totalmente “normal” e estável.
Mantenho a minha terapia convencional e acompanho a mesma com a terapia do riso sendo para mim uma profissão e um estilo de vida. Não entendo a vida sem riso. Ponto.
O que pretendo transmitir quando lhe conto a minha história de vida é que se eu consegui dar a volta e contornar você também consegue.
Pode parecer “surreal”, estar deprimido e conseguir RIR?
Acredite ou não é possível. Basta querer. Só saímos de um problema se realmente queremos sair.
Se não queremos sair podemos fazer tudo que nunca conseguiremos, agora, se queremos mesmo, seremos e somos imparáveis.
O ser humano tem uma força, tem uma paixão e um poder incontornável capaz de resolver qualquer situação por muito dolorosa e difícil que a mesma pareça.
Através do riso encontramos um caminho leve e um caminho directo que nos ajuda no processo de cura e que nunca mais nos deixa cair porque é através do riso que reencontramos o nosso eixo, o nosso balanço e o nosso equilíbrio.
Espero ter sido uma boa fonte de informação para si e se hoje, ao ler este texto, o ajudei a pensar e a sentir de uma outra forma, se ampliei o seu campo de visão, então, tudo o que eu passei até hoje valeu a pena.
Nada é mais importante na vida que tocar o coração de um ser humano.
Agradeço, desde já, os minutos que dedicou a ler a minha história.
Se ficou com curiosidade e quer saber mais seja sobre mim ou seja sobre a Terapia do Riso basta entrar em contacto pelo info@terapiadoriso.pt
E para acabar, a minha frase preferida;

Optemos sempre por ser felizes!

Sem comentários:

Empoderamento com Riso | Yoga do Riso

Boa tarde novamente 😉 23/31 E vamos falar abertamente sobre as nossas oscilações hormonais, sejamos homens ou mulheres 🙌 E claro! Vamos ri...